FAIAL FILM FEST

MOSTRA DO FESTIVAL DAS ILHAS DOS AÇORES
APRESENTA CINCO CURTAS PREMIADOS EM 2010

Nascido em terra de vulcões adormecidos e inspirado pela conjugação das subtilezas “artísticas” da vida – não fosse também isso o Cinema… -, o Faial Filmes Fest ambiciona despertar consciências para o conhecimento, através da arte do Cinema, a cada nova edição.

Dois mil e onze será o ano da confirmação da Lusofonia no maior evento cinematográfico que se realiza no arquipélago açoriano e ao mesmo tempo de uma nova experiência: a abertura de uma secção competitiva para a longa-metragem. O Faial Filmes Fest deixará assim de ser o Festival de Curtas das Ilhas e afirma-se definitivamente como o Festival de Cinema dos Açores, alargando o seu espaço de expressão cinematográfica.

Ao longo dos anos, têm-se cruzado no Festival de Cinema dos Açores referências obrigatórias da cinematografia portuguesa com a nova geração de cineastas lusos, de entre os quais despontam jovens realizadores ilhéus, e a imensa diversidade cultural do espaço da Lusofonia, juntos numa celebração da 7ª Arte que congrega também a literatura e a música.

Marcado por uma forte identidade insular, o Festival de Cinema dos Açores promove o encontro, no meio do Oceano Atlântico, de latitudes culturais dispersas, ligadas pelo Cinema em língua portuguesa, assinalando também aqui um foco de resistência e inconformismo, e a vontade de construir uma nova esperança para um mundo perturbado.

30 de Outubro a 6 de Novembro

Nas artes, o Cinema é a 7ª;
Os Açores são 9 ilhas; o Faial é a 7ª a contar do Oriente;
O Faial Filmes Fest celebra este ano a sua 7ª edição!

 Nesta mostra apresentamos ao público brasileiro cinco produções premiadas na edição do FAIAL de 2010.

Luís Pereira
Diretor do FAIAL FILM FEST

MOSTRA FAIAL FILM FEST

SMOLIK (Portugal | 2009)
Género: Animação/Experimental
Realização: Cristiano Mourato
Produção: Cristiano Mourato, ESAD
Duração: 8’
Faixa etária: 12 anos

Sinopse: Longe de uma narrativa prosaica, esta é a historio de dois personagens em confronto onde seguimos fascinados o movimento como expressão poética. O trabalho de uma ideia sobre dança contemporânea/ performance humana a sua abstracção de emoções, e como tirar partido na congregação deste tema com o cinema de animação. Aqui, a expressão compreende-se para além dos simples gestos, na criação de relações psicológicas, através da poética do movimento.


MELHOR FILME ESCOLAS

COPO DE LEITE (Portugal | 2009)
Género: Ficção
Realização: Tiago Ribeiro
Produção: ESAP
Duração: 5’11’’
Faixa etária: 12 anos

Sinopse: E se fosses rico? Mesmo muito rico? E se a tua família fosse insuportável? Mesmo muito insuportável… o que farias?


MELHOR ANIMAÇÃO

OS OLHOS DO FAROL (Portugal / Holanda | 2009)
Género: Animação
Realização: Pedro Serrazina
Produção:  Sardinha em Lata, lda , Photon Filmes, Filmógrafo, Unforgiven Filmes
Duração:  15’
Faixa etária: 12 anos

Sinopse: Numa ilha rochosa e exposta aos elementos, um faroleiro vive isolado com a sua filha. Do alto da torre do seu pai vela rigorosamente pelo horizonte e pela segurança dos barcos que passam. Sem outra companhia, a rapariga desenvolve uma cumplicidade única com o mar, que lhe traz brinquedos sob forma de objectos que dão à praia. Ao ritmo das ondas, estes objectos desvendam acontecimentos antigos, memórias que as marés não conseguem apagar…


MELHOR FILME

CANÇÃO DE AMOR E SAÚDE (Portugal / França | 2009)
Género: Ficção
Realização: João Nicolau
Produção: Luís Urbano, Sandro Aquilar, O Som e a Fúria, Justin Taurand, Les Films du Belier
Duração: 30’
Faixa etária: 12 anos

Sinopse: João é o único empregado visível no estabelecimento comercial Chaves Morais. É também o filho do proprietário e não se coíbe de se ausentar do serviço para auscultar o sopro imaterial do seu coração gastando moeda atrás de moeda na Máquina do Amor. Marta do Monte é uma estudante de belas Artes portadora de uma inusitada encomenda. A chave que para ela João copia abre mais que uma porta.


MELHOR FICÇÃO / PRÉMIO DO PÚBLICO GERAL

PICKPOCKET (Portugal | 2010)
Género: Ficção
Realização: João Figueiras
Produção: João Figueiras, Black Maria, Produção Audiovisual
Duração: 17’
Faixa etária: 12 anos

Sinopse: Um vulto desfocado, uma entrevista anónima revela um homem solitário, melancólico, desenquadrado do seu tempo. O seu testemunho revela uma cidade em mudança.


CONTATOS
FAIAL FILMES FEST 2011
Azores Film Festival
CINECLUBE DA HORTA
Instituição de Utilidade Pública

Centro Associativo Manuel de Arriaga – Gabinete 3
Rua Cônsul Dabney s/n
9900-014 HORTA (Açores – Portugal)
Telef.: +(351) 292 391 000      
geral@cineclube.org   / www.cineclube.org

SERVIÇO

MOSTRA FAIAL FILM FEST

DIA 10 DE MAIO DE 2011 / 19 HORAS

CENTRO DE CONVENÇÕES VICTOR BRECHERET
ATIBAIA / SÃO PAULO / BRASIL

ENTRADA FRANCA

Email: faia2011@cineclubes.org.br
Fone: 11.44024296

Visite também nosso Sítio na Internet

Subscreva e receba diariamente as notícias do nosso Blog
ou imediatamente através do Twitter

Participe da nossa Comunidade


  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: